O Estado do Acre



História

Até o início do século XX, pertence à Bolívia. Desde as primeiras décadas do século XIX, no entanto, a maioria de sua população é formada por brasileiros que exploram os seringais e não obedecem à autoridade boliviana. Os brasileiros criam na prática um território independente e exigem sua anexação ao Brasil. Em 1899, os bolivianos começam a recolher impostos e fundam Puerto Alonso (hoje Porto Acre) na tentativa de assegurar o domínio da área.

Os brasileiros se revoltam, e os conflitos só terminam com a assinatura do Tratado de Petrópolis, em 17/11/1903. Pelo tratado, o Brasil recebe a posse definitiva da região em troca de áreas no Mato Grosso, do pagamento de 2 milhões de libras esterlinas e do compromisso de construir a estrada de ferro Madeira-Mamoré. Integrado ao Brasil como território, o Acre é subdividido em três departamentos: Alto Acre, Alto Purus e Alto Juruá, este último desmembrado em 1912 para formar o Alto Tarauacá. Unificado em 1920, elege representantes para o Congresso Nacional, a partir de 1934. Em 15/06/1962, o presidente João Goulart sanciona lei que eleva o território à categoria de Estado.

Fonte: Governo do Estado

Voltar para o mapa do Brasil

© 2001 BrazilGenWeb Project - todos os direitos reservados