Informações Gerais

Registros de cemitérios muitas vezes fornecem de uma vez, informações que teriam de ser recolhidas em muitas fontes diferentes. Uma lápide pode conter datas de nascimento, casamento, e algumas vezes dicas sobre serviço militar ou ocupação, religião, local de residência na época da morte e até dados sobre filiação a ordens como a maçonaria.

Também considerados registros de sepultamento são os livros de registros dos cemitérios e municipais, registros de sacristias, e coletâneas de transcrições de lápides publicadas em livros. Estes registros podem ser especialmete úteis ao identificar ancestrais e parentes não registrados em outros locais ou cujos registros não mais existem. Ajudam também nos casos em que as lápides tornaram-se ilegíveis ou foram destruídas. Por vezes, registros de crianças de outra forma ignoradas, são encontrados assim. Muitos cemitérios tem áreas especialmente destinadas às crianças e em outros casos os túmulos são individuais e as famílias estão dispersas.

Os cemitérios brasileiros, de modo geral começaram a registrar os sepultamentos após 1840 e são poucos os cemitérios muito antigos ainda existentes nas grandes cidades. A maioria dos cemitérios do século XVII, e anteriores, não mais existem. Casos em que os restos sepultados nestes cemitérios foram transferidos para cemitérios mais novos.

Na cidade de São Paulo os cemitérios mais antigos são os da Consolação e de Santo Amaro, ambos 1856 e o Cemitério dos Protestantes de 1858. Umas poucas igrejas também têm seus cemitérios, tais como: Gamboa, de 1810; São Francisco Xavier de 1840;e São João Batista, de 1852, os três na Cidade do Rio, e o cemitério Luterano em Nova friburgo, de 1824.

Vale lembrar que a maioria dos registros mantidos nos cemitérios só podem ser localizados pela data da morte ou localização do túmulo. Apenas os cemitérios maiores ou mais modernos utilizam registros em fichas. Os cemitérios menores e do interior do país geralmente têm somente um livro onde vão anotando os sepultamentos um após o outro. Igualmente difícil é localizar os túmulos em um cemitério, se não souber o número do lote.

Normalmente as pessoas estão sepultadas perto dos locais em que viviam, contudo, grande parte das cidades pequenas e vilas não possuía cemitérios, sepultandos seus mortos nas cidades próximas, seus obituários também eram publicados nos jornais destas cidades. Maneiras de descobrir onde alguém pode estar enterrado são através de registros de igrejas, atestados de óbito e obituários de jornais ou publicações locais. Velórios e funerárias da região também podem ter estas informações, ou pelo menos as listas de cemitérios próximos. Procure também nos Cartórios de Registro Civil se existem cemitérios em proprieades privadas pelas redondezas. Adicionalmente, guias com mapas, mapas antigos, historiadores locais, bibliotecas ou sociedades de genealogia podem informar sobre cemitérios obscuros ou removidos na área.

Alertamos ainda sobre a existência de túmulos de aluguel, utilizados por quem não possui meios de adquirir um túmulo. Geralmente após alguns anos os restos são removidos para outros locais, tais como os nichos, ou cremados.

Sobre o Projeto

O Projeto Cemitérios Brasileiros procura transcrever as todas as lápides de cada cemitério no Brasil e colocar estas transcrições on line para livre consulta pelos nossos visitantes.

É nossa intenção nesta primeira etapa pelo menos relacionar os cemitérios existentes em cada município e fornecer seus endereços.

Os cemitérios encontram-se listados pelos municípios, entretanto, como o projeto está apenas iniciando, ainda ainda deve levar algum tempo para termos uma lista mais completa. Caso queira contribuir com nomes e endereços de cemitérios em sua cidade, ou sugerir um link, envie os dados para o coordenador do programa.



Cemitérios já transcritos



Links para outros cemitérios na web
(por Júlio César Klafke)

Arroio do Tigre - RS

1. Cemitério Católico de Arroio do Tigre (Centro)
2. Cemitério Católico de Linha Ocidental
3. Cemitério Católico de Linha Rocinha
4. Cemitério Católico de Linha Barrinha
5. Cemitério Evangélico de Linha Barrinha
6. Cemitério Evangélico de Linha Ocidental
7. Sepultura Isolada ao lado do templo evangélico

Sinimbu - RS

8. Cemitério Evangélico de Sinimbu (Centro)
9. Cemitério Evangélico de Rio Pequeno

Santa Cruz do Sul - RS

10. Cemitério Particular Müller de Linha Sete de Setembro
11. Cemitério Particular Back de Linha Sete de Setembro
12. Cemitério Particular Oldenburg de Linha Sete de Setembro
13. Cemitério Evang. de La. Sete de Setembro
14. Cemitério Particular Becker na Entrada Rio Pardinho
15. Cemitério Evangélico Agnes de Linha Santa Cruz
16. Cemitério Particular Genz/Panke na Entrada Rio Pardinho
17. Cemitério Particular Nichterwitz de Linha Cerro Alegre
18. Cemitério Evangélico de Linha João Alves
19. Cemitério Católico São João da Serra
20. Cemitério Evangélico de São José da Reserva

Rio Pardo - RS

21. Cemitério Católico de Rincão dEl Rey
22. Cemitério Municipal de Rio Pardo, Centro

Vera Cruz - RS

23. Cemitério Municipal (Católico) de Vera Cruz, Centro
24. Cemitério Evangélico de Ferraz
25. Cemitério Luterano de Vera Cruz, Centro

Lagoão - RS

26. Cemitério Particular Bohrer

Passa Sete - RS

27. Cemitério Evangélico do Passa Sete

Cerro Branco - RS

28. Cemitério Particular Müller, Centro

Bibliografia

Cemitérios das Colônias Alemãs no Rio Grande do Sul. Dullius, Werner Mabilde. Editora Gráfica Metrópole, Porto Alegre, 1985.

Sepulturas de Israelitas – Uma Pesquisa em mais de Trinta Cemitérios não Israelitas. Wolff, Egon. Cemitério Comunal Israelita, Rio de Janeiro, 1983.


O principal objetivo de nossos projetos é facilitar as buscas e disseminar informações sobre genealogia e história na Internet. Somente se você contribuir com os dados que possui nossos arquivos crescerão.

Home | Novidades | Estados | Projetos | Recursos | Dicas | Lista | Mensagens | Conheça | Colabore | E-mail

Rootsweb logo

Última atualização Friday, 29-Jun-2001 13:10:50 MDT

© 2001 BrazilGenWeb Project